“Foi até melhor a gestação ter acontecido durante a pandemia, pois como já estávamos evitando de sair de casa mesmo, foi uma gestação muito tranquila e pude acompanhar bem de perto todos os detalhes”, destaca o pai Moreno Palu Domingues. 
Pai e mãe do pequeno Samuel Luiz são unânimes ao afirmar que o momento é mais que especial. “As enfermeiras, todas, são gente boa e muitos profissionais, nos trataram muito bem. O Dr. Gustavo (obstetra) também. Não temos nem palavras para agradecer. Só gratidão!", dizem os pais.
">
“Foi até melhor a gestação ter acontecido durante a pandemia, pois como já estávamos evitando de sair de casa mesmo, foi uma gestação muito tranquila e pude acompanhar bem de perto todos os detalhes”, destaca o pai Moreno Palu Domingues. 
Pai e mãe do pequeno Samuel Luiz são unânimes ao afirmar que o momento é mais que especial. “As enfermeiras, todas, são gente boa e muitos profissionais, nos trataram muito bem. O Dr. Gustavo (obstetra) também. Não temos nem palavras para agradecer. Só gratidão!", dizem os pais.
">

51 bebês nasceram no mês de março no HM de Palotina

Publicado em: 2022-04-08

O mês de março representou ao Hospital Municipal, HM - Prefeito Quinto Abrão Delazari, de Palotina, uma expressiva e histórica vitória. Neste período, nasceram na unidade hospitalar a quantia recorde de 51 bebês, todos saudáveis e atendidos conforme todos os protocolos sanitários exigidos pelo Ministério da Saúde.
A conquista é expressiva: houve um tempo em que muitas mães conviviam com o risco e o medo da necessidade de se deslocar a outras cidades para dar à luz. 
Era uma situação inconcebível para uma cidade próspera como Palotina, que possui um dos maiores VBP (Valor Bruto da Produção) do Paraná. 
“Tive angústia, medo da anestesia, medo de sentir dor, mas o nascimento do bebê foi a melhor sensação da minha vida", diz a mãe Laís Furtado Silva, 23 anos. 
“Foi até melhor a gestação ter acontecido durante a pandemia, pois como já estávamos evitando de sair de casa mesmo, foi uma gestação muito tranquila e pude acompanhar bem de perto todos os detalhes”, destaca o pai Moreno Palu Domingues. 
Pai e mãe do pequeno Samuel Luiz são unânimes ao afirmar que o momento é mais que especial. “As enfermeiras, todas, são gente boa e muitos profissionais, nos trataram muito bem. O Dr. Gustavo (obstetra) também. Não temos nem palavras para agradecer. Só gratidão!", dizem os pais.

Compartilhe em:

Últimas notícias